22 de jul de 2009

Atividade realizada no II Encontro Presencial em Camboriú - Produção de Texto Argumentativo com base em Provérbio

A Lebre e a Tartaruga
Devagar eu fui longe. Eu cheguei lá. Venci a lebre, porque a pressa é inimiga da perfeição. Aproveitei, durante o trajeto, para reencontrar velhos amigos; agradecer aqueles que me apoiaram e incentivaram para que enfrentasse esse desafio.
O primeiro que encontrei foi meu amigo pássaro que me disse:
- Segue em frente, amiga, pois mais vale um pássaro na mão do que dois voando.
Não desanimei, embora meu casco já começasse a pesar. Na primeira curva, em meio a arbustos e flores miúdas e coloridas - a primavera já iniciara na floresta, tomada de susto, deparei-me com o rei:
- Quem é rei nunca perde a majestade. Você pode ser yna vencedora, mas sempre serei o rei da floresta.
Lembrei-me das sábias lições da Professora Coruja, que sempre nos incentivou a não desistir daquilo que queremos. Uma frase dita por ela, ficou em minha memória: Água mole em pedra dura tanto bate até que fura.
Avistei a minha concorrente que descansava - segura de si. Devia pensar: Quem não arrisca não petisca.
Ao longe, a linha de chegada. Cansada, poeém feliz, na certeza de que cumpri as exigências da disputa, sem perder o ritmo e de maneira honesta, vi meus amigos e senti que a felicidade é multiplicada quando compartilhada.
O grito da vitória foi:
"Ri melhor quem ri por último."
Trabalho do Grupo: Marlene Sandri, Jociara Sardo, Maria das Graças Orlovski, Denise Stein, Lourdes Magnagnagno, Márcia Brancher

Nenhum comentário:

Postar um comentário